Infraestrutura

Chuva volta a preocupar comunidade da Boca da Mata!

O Córrego Dois irmãos não recebe obras de infraestrutura e problemas enfrentados nas chuvas do primeiro semestre, voltam a trazer problemas para a comunidade

As ações tomadas pela Seinfra, no período de seis meses, não foram suficientes para livrar a comunidade dos alagamentos e prejuízos causados por estes, mesmo tendo ficado o município sob estado de emergência, após as primeiras chuvas, que modificaram todo o calendário de eventos do município.

Líder religiosa e que está à frente de um terreiro de Candomblé, situado na comunidade, a Yalorixá Thiffany Odara alega que não foi atendida pelo benefício da Operação Chuva, bem como diversas outras famílias.

“Equipe técnica da Seinfra, assim como outros órgãos municipais, foram resistentes em adentrar o espaço do terreiro, para análise dos prejuízos, fato que acontece na gestão atual.” Frisou, em conversa com a redação do Lauro Jornal.

“Se obras de infraestrutura, drenagem e escoamento, não forem feitas, no Córrego Dois Irmãos, de nada adiantará cestas básicas e auxilio aluguel. Todo esse episódio soa, para mim, como Racismo Ambiental, negação de direitos à uma comunidade preta.” Concluiu.

americanas.com.br
Catho

Boca da Mata é uma comunidade carente, com cerca de 2mil famílias, de maioria negra, situada no bairro de Portão. Às margens do Córrego Dois Irmãos, é atendida pela Escola de Cadetes e Colégio Centro Social Urbano, sem creche, pois a mesma foi desativada. O posto médico mais próximo é no Retiro, centro de Portão.

Catho
americanas.com.br
Catho
Catho
americanas.com.br

Siga-nos no Twitter

%d blogueiros gostam disto:
/* ]]> */